Todas as notícias

Todas as notícias

Pesquisa que calcula o balanço de 65 produtos do mercado atacadista do entreposto de Maracanaú, o Índice de Preços da Ceasa do Ceará (IPCE) registrou aumento de (+55,40%) no acumulado anual de novembro de 2019 a novembro de 2020 no setor Cesta Básica. Os demais setores também registraram aumento no período: Hortaliças e Frutos (+49,66%),[...]

A Ceasa Cariri inicia a semana registrando variações nos preços de alguns  produtos comercializados entre o período de 26 de outubro a 23 de novembro de 2020, no entreposto de Barbalha. Uma das maiores quedas registradas no setor de frutas no período foi no preço do limão Taiti, que declinou (-48,0%), passando de R$ 5,00[...]

O preço do tomate longa vida (1ª), registrou queda de (- 42,86%) no entreposto da Ceasa em Maracanaú, no comparativo mensal de 26 de outubro a 23 de novembro deste ano, sendo vendido a R$ 3,20/kg, seguido do tomate cajá (- 30%), R$ 2,80/kg e do pimentão verde (1ª), que registrou queda de (- 6,25%)[...]

A pitaya chama logo a atenção de que vai a alguma feira de hortifruti, por conta da sua cor e de seu formato diferenciado. Porém, além da beleza, a fruta possui diversos benefícios para a saúde, como ajudar a emagrecer, por ser uma fruta pobre em calorias e rica em fibras. Encontrada no entreposto da[...]

Em virtude da sazonalidade e também por conta das questões climáticas, a Ceasa-CE de Tianguá registrou variação nos preços de alguns produtos comercializados no período de 13 a 17 de novembro deste ano. Nas hortaliças, o chuchu declinou (-33,33%) passando de R$ 1,20 para R$ 0,80/kg, o tomate cajá caiu (-31,25%), passando de R$ 3,20[...]

O mercado agrícola inicia a semana bastante movimentado nos setores de frutas e hortaliças no entreposto da Ceasa em Maracanaú. As bananas pacovan e prata estão sendo vendidas a R$ 1,50/kg, o limão Taiti permanece em R$ 5,00/kg e a manga rosa chega à mão do consumidor por R$ 1,70/kg. O mamão papaya e Hawaii[...]

O destaque desta quinta-feira no entreposto da Ceasa em Maracanaú é a manga, que por estar em plena safra chega ao mercado com preços bastante atraentes.  A manga espada, por exemplo, está sendo vendida a R$ 1,50, a Itamaracá a R$ 1,20 e a Tommy (vermelha) a R$ 1,40 o kg. “Preço bom também para[...]