Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Feijão de corda apresenta queda de 28,57% na Ceasa
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Feijão de corda apresenta queda de 28,57% na Ceasa PDF Imprimir E-mail
Escrito por Helena Demes Martins de Araújo Costa   
Qua, 23 de Agosto de 2017 11:24

 

 

O cearense agora pode voltar a comprar um dos cereais mais consumidos no Estado sem sentir pesar tanto no bolso: o feijão de corda. O quilo do alimento que estava sendo comercializado na Ceasa Maracanaú por R$3,50 em julho passou para R$2,50 agora em agosto, apresentando assim uma redução de 28,5%.

O alimento que também é plantado no litoral do estado e em alguns municípios do interior tem sua maior produção em Pernambuco, Bahia e Piauí estados que abastecem o Ceará com o cereal. Segundo Odálio Girão, analista de mercado da Ceasa, a boa quadra invernosa do primeiro semestre deste ano não só no Ceará, mas em todo o nordeste contribuiu, significativamente, para o aumento nas colheitas do segundo semestre.

Outro cereal em destaque na redução de preço foi o feijão preto, passando de R$4,20 em julho para R$3,00 o quilo agora em agosto. O feijão carioquinha, variedade mais consumida no País, registrou queda de 20% passando de R$ 4,00 em julho para R$3,20 agora em agosto.  Em seguida aparece o feijão branco, que não é tão popular quanto o de corda, mas ficou mais barato 16,8%, passando de R%3,85 para R$3,20.

O feijão verde foi o que menos variou de preço passando de R$7,00 o quilo em julho para R$6,00 em agosto, uma redução de 14,2%.

 

 

Assessoria de Comunicação da Ceasa Ceará

Karla Camila Sousa

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

3299-1701

 

 

 

 

Calendário

Decembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6

Jornal