Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Conheça a CEASA-CE Sua História
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Sua História PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Sex, 13 de Maio de 2011 08:53

UMA HISTÓRIA DE SUCESSO

 

Inaugurada em 09 de novembro de 1972, no governo de César Cals, com o objetivo de centralizar a distribuição de hortigrajeiros, a Centrais de Abastecimento do Ceará S.A (Ceasa/CE) fazia parte do Programa Nacional do Controle de Abastecimento de Produtos Hortigranjeiros, implantado pelo Sistema Nacional de Centrais de Abastecimento (Sinac), órgão do Governo Federal. O Programa tinha como objetivo incentivar a construção e dar diretrizes de funcionamento para as centrais dos Estados. A construção da Ceasa/CE foi considerada prioritária pelo Sinac, tendo sido iniciada em 1971. De princípio, por determinação do Sinac, o Programa de Centrais de Abastecimento priorizava os hortigranjeiros. A Ceasa/CE obedeceu a determinação, mas com passar do tempo iniciou-se um processo de diversificação de atividades. Outros segmentos foram introduzidos em seus galpões, fazendo com que a Central assumisse uma forte característica de central de abastecimento polivalente.Inicialmente, a Ceasa contou com cinco galpões permanentes e um galpão não-permanente, prontos para receber a comercialização de hortigranjeiros. A construtora Norberto Odebrech foi a responsável pelo empreendimento. Mas faltavam os produtores e compradores, que inicialmente, resistiram á mudança do local. No início da década de 70, os produtos hortigranjeiros eram comercializados nas imediações do Centro de Fortaleza em pequenos mercados na periferia. Não havia nenhum controle de higiene e qualidade dos produtos ou transparência de preço. Os produtores e comerciantes traziam os produtos e os colocavam no chão para esperar o comprador. O Decreto federal nº 705002/72 determinou que a Ceasa iria centralizar o comércio de hortigranjeiros e caberia à Companhia Brasileira de Alimentos (Cobal) gerir as centrais de cada Estado. A resistência ao comércio no novo local só foi vencida depois de seis meses de pleno funcionamento do mercado,no município de Maracanaú-CE. O primeiro Presidente da Ceasa/CE foi João de Deus Cabral de Araújo. Também comandaram a central: Júlio Rangel Pontes, João Pinheiro Freire, Raymundo Gomes Alves, Dalton Costa Lima Vieira, Paulo Afonso Cirino Nogueira, José Barbosa Mota, Jósio de Alencar Araújo, Diógenes Cabral do Vale, José Moreira de Andrade, Nazareno Nunes Cordeiro, Marcílio Freitas Nunes, Cícero Vasques Landim, Antônio Jeová Pereira Lima, José Flávio Barreto de Melo, Caetano Guedes de Araújo, Cândida Maria Saraiva de Paula Pessoa e Odilon Newtácio Cruz. Atualmente conta com três unidades de abastecimento distribuídas nos municípios de Maracanaú, Tianguá e Barbalha. O volume acumulado do ano de 2015, do Entreposto de Maracanaú juntamente com a Ceasa Cariri e o Mercado do Produtor da Ibiapaba, fechou em 658.639,7. Conta com 1.679 produtores cadastrados, 268 empresas instaladas, 1047 permissionários não permanentes, área permissionada de 1.681 m², 520 carregadores autônomos, é abastecida por 184 municípios cearenses e abastece 84. Tem uma população flutuante de 15.000 pessoas/dia, 90.000 veículos mensal, sendo 5.300 com carga e gera 10.000 postos de trabalhos diretos.A CEASA/CE é presidida pelo Geografo e Bacharel em Contabilidade, Clóvis Lima Ferreira, tendo como diretores: José Maria Pimenta Lima (Diretor Administrativo Financeiro) José Célio Cavalcante Filho (Diretor Técnico Operacional) e Ramon Galvão (Diretor Comercial).

 

Calendário

Decembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6

Jornal